Organização e controle: saiba calcular o capital de giro da sua empresa

Se você quer que a sua empresa fique em dia com as contas e possa executar as atividades livremente, é necessário tomar uma série de cuidados práticos e burocráticos. Um deles é o capital de giro: dinheiro que entra no caixa do negócio, tendo como finalidade ser usado para pagar as contas contraídas durante o mês ou, até mesmo, uma reserva feita previamente. Saber calcular o capital de giro é fundamental para manter as contas do negócio em dia, evitando a inadimplência, que pode gerar gastos ainda maiores, além de prejuízos financeiros que irão interferir de forma negativa no seu orçamento.

Veja dicas de como calcular o capital de giro:

 

1- Verifique a quantidade de produtos em estoque: comece fazendo uma vistoria no seu estoque para contabilizar todos os produtos disponíveis. Após verificar a quantidade de produtos, é necessário somá-los, o que possibilita checar o total de dinheiro empregado em forma de mercadorias. Se a empresa já estiver estabilizada no mercado, também é possível projetar o número de produtos que serão comercializados, tendo como base os dados dos meses anteriores.

 

2- Cheque os valores em dinheiro no banco para calcular capital de giro: os rendimentos que a empresa tem fora do seu caixa também podem ser considerados capital de giro. Portanto, após contabilizar o estoque, é o momento de checar os valores em dinheiro que estão disponíveis na conta bancária da empresa. Esse procedimento pode ser feito de uma maneira bem simples, basta analisar o extrato referente ao mês em que se está calculando o capital de giro. Nessa etapa, pode-se calcular o valor como um todo, independente do que será creditado como capital para arcar com as dívidas ou o que será lucro.

 

3- Analise o total de vendas realizadas para calcular capital de giro: outro passo importante para conseguir calcular o capital de giro é através da análise do total de vendas realizadas. Nesse caso, é importante determinar o prazo em que esse processo será realizado, sendo recomendado que seja dentro de um mês, o que permite ter mais precisão na quantia total do capital de giro. Uma boa alternativa é usar as notas fiscais de todas as compras que foram realizadas e pagas à vista durante o mês, somando-as até chegar ao total de produtos que foram vendidos e revertidos em dinheiro para o seu caixa.

 

4- Verificar as contas a receber é essencial para calcular o capital de giro: a sua empresa trabalha com a venda de produtos por crediário? Então, o capital de giro dela também pode estar empregado nessa modalidade. Tendo isso como base, é recomendado que você verifique as contas a receber. Portanto, reúna todos os comprovantes de vendas realizadas no crediário no último mês e que estão ativos, ou seja, precisam ser adimplidos pelos clientes. Na sequência, é só promover um cálculo de todas as contas a receber que estão no crediário.

 

5- Some todos os valores disponíveis para calcular o capital de giro: agora é o momento de somar todos eles juntos, somente assim é possível saber qual é o valor real do capital de giro do empreendimento. Esse é um dos processos mais simples, visto que consiste apenas na soma de todos os dados levantados anteriormente.

 

6- Distribua o valor entre as contas a pagar: faça um levantamento de todas as contas que a empresa tem que pagar. Nesse ponto, pode-se separá-las entre os custos fixos, que são aqueles que devem ser pagos todo o mês como, por exemplo, luz, água, telefone, aluguel, internet; e os custos variáveis que, como o próprio nome diz, variam a cada mês, como eventuais reformas. Depois de listar todas as dívidas a serem pagas é só distribuir o capital de giro conforme os valores de cada conta, aumentando o seu controle e diminuindo os riscos de inadimplência.

 

Fonte: http://www.novonegocio.com.br/financas/calcular-capital-de-giro/

  • Compartilhe:
Imprimir
  • Receba essas Ofertas por e-mail

    Cadastrar
  • Vá até o Maxxi mais próximo

  • Sem tempo? Compre por telefone

Formas de Pagamento

Crédito:
Crédito (Parcelado):*

*Consulte condições e as categorias de parcelamento nas lojas.

Débito:
Cartões Walmart:
  • Cartão alimentação*

  • Cartão super compra

  • Cartão super premiação

*Consulte disponibilidade nas lojas.

Acompanhe o Maxxi Atacado

Televendas

Selecione uma unidade

Cadastre seu e-mail
e receba as promoçoes!

E-mail cadastrado com sucesso